sexta-feira, 2 de maio de 2008

Sócrates

Quem foi Sócrates

O Filósofo:
  • Filosofo conhecido como “Patrono” da filosofia ocidental, embora não tenha sido o primeiro pensador “grego”da antiguidade, compõem junto com Platão e Aristóteles, o trio de pensadores que lançou as bases para o desenvolvimento do que conhecemos como filosofia no ocidente.
  • Sócrates viveu em Atenas no século V.ac, nada escreveu e o que sobreviveu de seu pensamento foi divulgado por seus discípulos.
O Questionador:
  • Era conhecido por passar horas discutindo em praça pública, questionando os que por ali passavam sobre diversos tipos de questões.
  • Tinha como objetivo destas suas abordagens e questionamentos, demonstrar para as pessoas que muitas vezes o que no dia a dia acreditamos saber ser verdadeiro, não é (tomamos o falso como verdadeiro) e que para se chegar a verdade de fato faz-se necessário um esforço reflexivo que nos faça superar as crenças e opiniões estabelecidas.
O Pensador Subversivo:
  • Sócrates era conhecido em sua época por ser um homem muito inteligente e pelo poder de atração de sua fala.
  • Ao longo de sua vida atraiu inimigos poderosos e teve um fim trágico, sendo condenado a morte por envenenamento por supostamente negar os deuses gregos (helênicos) e perverter a juventude (no sentido de levar os jovens rebeldia).
  • Podemos dizer que a postura crítica diante o mundo adotada e pregada por Sócrates, foi um fator determinante em sua condenação. Já que foi sua atitude subversiva frente a ordem estabelecida, que fez dele um inimigo da elite ateniense que o condenou a morte.

Sua Filosofia
  • A principal característica da filosofia socrático é o seu carácter crítico, que baseia-se na ideia de abandono de um saber irrefletido (que parece ser) e de necessidade de um esforço reflexivo para o alcance do saber verdadeiro (que é).
  • Para Sócrates a maioria das pessoas viviam fundamentadas em crenças e opiniões erradas sobre as coisas, tomando o falso como verdadeiro. Fato que acarretava muitos problemas a sociedade. Justamente por isso as pessoas tinham de se tornar mais críticas, abandonar o saber irrefletido e buscar o saber verdadeiro através da filosofia.
  •  
O Método Socrático.

É composto por duas etapas:

  • Ironia: Consiste na destruição da ilusão de conhecimento (Sócrates questiona seu interlocutor visando derrubar a sua certeza inicial).

  • Maiêutica (parto de ideias): Consiste na busca pela verdade (estudo para se alcançar um saber verdadeiro que supere o nível das crenças e opiniões).

    Um comentário:

    gabriela disse...

    gabriela do Carmela Dutra turma 1005.Gostei desse blog fessor, bem legal .